Acontece Arquitetura por aí Tendências Design Objeto de desejo Nossos projetos

CASACOR MINAS GERAIS 2018: SUPERANDO OS LIMITES DO ESPAÇO COM ESTILO

Aberta desde o dia 7 de agosto, a Casacor Minas Gerais fica aberta até 16 de setembro de 2018, em Belo Horizonte. É a 24 edição do evento, que acontece mais uma vez no Conjunto Arquitetônico da Praça da Estação, reafirmando a intenção da mostra no resgate histórico e reflexão sobre o centro da capital mineira.

São 13 as edições realizadas em imóveis tombados. Dessa forma, os organizadores da Casacor Minas Gerais contribuem para a importância da preservação da memória e identidade cultural da cidade, além de gerar visibilidade e acessibilidade a esse imóveis.

Como viver bem em espaços cada vez menores

Superar os limites do espaço com estilo é um dos desafios propostos pelo tema dessa edição da Casacor Minas Gerais. 51 pequenos espaços foram ambientados pelos mais de 80 profissionais que assinam o evento, propondo soluções inteligentes, integradas e em conexão com a natureza, já que muitas plantas e espaços verdes e de vida foram inseridos no contexto de cada situação.

Alguns ambientes na Casacor Minas Gerais 2018

Um pequeno resumo do que acontece na mostra:

Retrospectiva Arquiteto Carico, de Júlia Gontijo Dumont e Tina Barbosa.

Imagem Jomar Bragança – via Casacor

Os 40 anos de profissão de Carlos Alexandre Dumont, conhecido como Carico, são celebrados por Júlia Gontijo Dumont e Tina Barbosa, que reeditaram os móveis assinados por ele e trouxeram peças de outras participações do arquiteto na Casacor Minas Gerais, recriando o seu escritório.

Gabinete 71, de Felipe Soares e Sarah James.

Imagem Jomar Bragança – via Casacor

O handmade é valorizado nesse espaço, que trabalha com peças singelas como os módulos da biblioteca horizontal e a mesa Torii, desenho da dupla. O tapete em sisal cria uma transição entre as madeiras da mesa e do piso. As cores da cadeira, poltrona e parede suavizam o ambiente e a luminária é de Charlotte Perriand.

Sala Restauro, de Geraldo Ferreira.

Imagem Gustavo Xavier – via Casacor

Sala restauro ganhou esse nome pois é exatamente inspirada no trabalho de prospeção da antiga pintura do casarão, com paredes em boiseries, super trend clássica que trabalhei na Mostra Jade 2018, lembre aqui. Todos os itens nesse ambiente ganha “status de arte”, como é o caso da poltrona de Niemeyer ou a luminaria flutuante sobre a sala. Destaque para a instalação João Congo.

Estar, de Bernadete Correa e Manu Lolato.

Imagem Jomar Bragança – via Casacor

Estilo e história no ambiente assinado por Bernadete Correa e Manu Lolato. Cada objeto é proveniente de uma geração diversa, e a cor vermelha e o print pied-de-poule garantem a “interessância” do espaço. As molduras pretas também são super legais produzem um efeito gráfico nas paredes.

Loft Compacto do Jovem, por STUDIO SIMPLÍ (André França, Paula Freitas e Rute Zocrato).

Imagem Gustavo Xavier – via Casacor

A sobriedade do preto é destacada pelo branco e rosa no ambiente, planejado de modo muito funcional. Um mezanino super charmoso é o lugar de dormir, acessado por uma escada muito discreta, minimal. Ultramoderno.

Loft, de Ana Bahia.

Imagem Jomar Bragança, via Casacor.

Pé direito alto, big windows, a estética do “erro”, do feio (tendência) das paredes descascadas é valorizada com uma demão de verniz. Aliás, todo o ambiente evoca conforto e tendência, do verde musgo ao material aveludado do sofá, ao pufe com pele fake, ao tecido listrado em P&B que reveste a cama, às folhagens naturais no ângulo do espaço.

Café, de Juliana Vasconcelos.

Imagem Daniel Mansur, via Casacor

O diálogo interessante das cores do sofá e paredes – combinação para ficar de olho – é emoldurado pelo restante do mobiliário.

Quarto origens, de Cynthia Silvia.

O ambiente da casa de campo que mescla simplicidade, conforto e tons naturais parece ser a inspiração para Cynthia Silvia, que arremata tudo com a assinatura autoral do mobiliário, em Angelim e palhinha. A banheira é esculpida em pedra sabão e a poltrona Mole de Sérgio Rodrigues dá o toque final ao ambiente.

Curtiram? Acesse o site oficial do evento aqui para conferir mais ambientes e descobrir por que você deveria visitar a Casacor Minas Gerais. Mais informações abaixo:

07 de agosto a 16 de setembro de 2018

Terça a sexta das 15h às 22h

Sábado das 13h às 22h

Domingo e feriado das 13h às 19h

Casarão da Rua Sapucaí

Rua Sapucaí, 383 – Belo Horizonte – MG

Quanto: a partir de 25 reais (entrada avulsa) ou preço único 150 reais (passaporte): https://bit.ly/2LEBaTa

Contato(31) 3286-4587

contato@casacorminas.com.br

 

 

Deixe seu comentário