JARDINS VERTICAIS: BELEZA E QUALIDADE DE VIDA NOS AMBIENTES


Imagem: revista Casa e Jardim


Um jardim vertical é uma parede cultivada com plantas, ancoradas em estruturas que podem ser realizadas em madeira, ferro ou material fibroso como o xaxim, por exemplo. Tais estruturas também podem sustentar os vasos das plantas em si, como na imagem acima.

Símbolo do paisagismo urbano, o jardim vertical é realizado com frequência como solução urbanística para melhorar os espaços coletivos nas cidades, como o exemplo da CaixaForum de Madrid, projetado pelo botânico Patrick Blanc, com 24 metros de altura e 460m2 de verde.

O jardim vertical também é adotado pelos designers de interiores como uma forma de levar a natureza para dentro das casas e apartamentos. A grande vantagem, além da estética, é melhorar o isolamento térmico e acústico dos ambientes. Além disso, o hábito de se ter plantas tem grande valor terapêutico para quem as cultiva.

Pequenos espaços também podem receber jardins verticais: o ambiente fica mais charmoso e saudável.



Pequenos espaços com o charme dos jardins verticais - imagem via Casa Vogue


Ideias de como montar o seu jardim vertical


Um paisagista ou designer de interiores pode te ajudar na montagem e orientação sobre a manutenção correta do jardim vertical. Seguem algumas dicas:

Não existe uma regra exata: você pode misturar tipos de plantas ou escolher uma específica.

Tem quem prefira uma  única textura e dimensão, mas excluindo-se a situação em que uma planta muito grande abafe outra muito pequena, tamanhos variados também são bem-vindos.

Imagem via Casa Vogue

Caso você vá colocar seu jardim vertical num local onde possa atrapalhar a passagem ou eventualmente quem for acomodar-se num sofá ou cadeira, prefira que as plantas maiores ou com galhos mais compridos estejam posicionadas na parte de cima.

Imagem via Casa Vogue


O papel importante das plantas


Para saúde, as plantas exercem papel fundamental na purificação do ar que respiramos. Sabiam que a NASA publicou uma lista com as melhores espécies para essa função?

Jibóia - absorve poluentes como formaldeído, xileno e benzeno. A espécie se adapta a diferentes temperaturas, ou seja, bacana para o inverno e o verão.


Imagem via Casa Cláudia


Lírio da paz - Outra planta interessante para ambientes internos, já que se adapta bem a locais com pouca luz e pouca água. Elimina gazes presentes em produtos de limpeza e removedores.

Imagem via Tua Casa


Espada de São Jorge - A espada de São Jorge, super apreciada pelos brasileiros em suas casas, absorve poluentes como o benzeno, xileno, formaldeído e o tolueno. Alguns deles presentes no cigarro.


Imagem via Viva Decora


Árvore da borracha - Elimina gases tóxicos e é muito resistente, ajuda a preservar a umidade do ar.


Imagem via Project Noah

Primeira-dama - Também conhecida como palmeira ráfis, é boa para salões de beleza, pois ajuda a eliminar do ar gases tóxicos como o formaldeído, xileno e a amônia, presentes em tintas de cabelo, por exemplo.


Imagem via Pinterest

Qual é a sua planta favorita? Já pensou em ter um jardim vertical em casa também? Gostaria de saber, conte nos comentários!

Até o próximo post :)